O poder das escolhas para o equilíbrio da vida

O PODER DAS ESCOLHAS PARA O EQUILÍBRIO DA VIDA

Você já deve ter lido ou ouvido, que a sua vida é consequência das escolhas que você fez e faz, entre elas, as que envolvem comportamentos, sentimentos e atitudes, tanto com relação a você como com os outros, bem como seu entendimento e percepção sobre os fatos e sobre o ambiente.

O poder de fazer escolhas em minha vida foi compreendido tão logo entendi suas consequências, boas e ruins, colheita da vida que eu nem sabia que havia plantado.

Escolhas para o equilíbrio da vida

Ao parar e perceber a vida que estava levando, comecei a enxergar as consequências das escolhas que fiz por muitos anos. Com isso, fui obrigada a revê-la e o que nela estava disfuncional: respostas das escolhas feitas e, ao mesmo tempo, das que ainda estava fazendo.

Acredito que o que vivi, em linhas gerais, não é muito diferente do que muitos têm vivido sem perceber. O mais importante é que eu descobri um meio de sair daquele círculo vicioso que me levou a uma dura situação de saúde e a uma encruzilhada pessoal e profissional.

A partir daí, tendo estudado, refletido, mergulhado fundo no meu eu e encontrado com o divino que há em mim, surgiu a metodologia da Estrela D.A.L.V.I. Uma dinâmica baseada em minhas experiências e aprendizados, nos estudos da psicologia positiva, que é a ciência da felicidade e do bem-estar, e na teoria U, um processo de mudanças internas para o coletivo, e outros estudos.

A Estrela D.A.L.V.I me fez superar as dificuldades e progredir na direção do que elegi como essencial para a vida. Entendi que poderia mudar a realidade se tomasse outras atitudes, fazendo novas escolhas conscientes, em busca do equilíbrio nas cinco grandes áreas da vida: Espiritualidade, Trabalho/Financeiro, Relacionamentos, Saúde e Emocional.

As cinco pontas

Proponho a você, que mergulhemos agora em cada uma das grandes áreas da vida, considerando, desde já, que elas estão representadas em cinco pontas da Estrela. Você verá que a reflexão proposta sobre elas trará maior autoconhecimento e, por consequência, maior Poder de Escolha e resultados.

Ponta trabalho

Traz inicialmente duas indagações: Você escolheu a sua profissão ou ela te escolheu? Você ama o que faz?

Normalmente, passamos mais tempo no trabalho do que em qualquer outra atividade. O que o seu trabalho tem trazido a você? Ele te conduz ao que você deseja? Está ligado ao seu propósito de vida? Alimenta a sua alma tanto quanto ao seu bolso?

Um aspecto importante a ser analisado nesta ponta é o financeiro. O dinheiro é necessário em nossa sociedade e muitas vezes é a partir dele que alcançamos nossos sonhos. Vale nos perguntar aqui como é a nossa relação com o dinheiro. Ele nos serve ou nós o servimos? É preciso enxergar que o importante é fazê-lo trabalhar para nós e não o inverso. Você é grato pelo dinheiro que tem recebido ao longo de sua vida?

Ainda que você ame o que faz, deixe que os outros aspectos de sua vida o permeiem. Meça corretamente o quanto você se entrega ao trabalho. Envolva-se, comprometa-se, mas não deixe que sua vida se resuma ao trabalho. Busque sempre o seu equilíbrio.

Ponta Relacionamentos

A reflexão principal é sobre como nos relacionamos com nossos familiares, amigos, colegas e outras pessoas do nosso convívio.

Estamos tratando as pessoas com amor e dando a atenção que elas merecem? Estamos vivendo no momento do agora e sendo ativos nas nossas relações? Ou estamos sempre distraídos ou preocupados com outras coisas e esquecendo de dar atenção, carinho, amor e a nossa presença a quem nos importa?

Há um pensamento comum, popular, de autor desconhecido que diz: “A vida é um eco. Se você não está gostando do que está recebendo, observe o que está emitindo.” Por isso, pratique o perdão em seus relacionamentos, honre a sua família. Ame. Famílias são regadas a amor.

Ponta Saúde

Aqui, são três pontos a serem reforçados:

Qualidade do sono: Você sabia que a maioria das pessoas têm dificuldade de classificar seu sono? Algumas pessoas até dormem a noite toda, mas acordam cansadas, irritadas e têm dificuldades de concentração e memória, o que é considerado “sono não restaurador”. Estatísticas divulgadas em 2017, em revistas como, Galileu, Época Negócios e Science, apontavam o povo brasileiro como um dos que menos dorme. Uma das maiores razões é a falta da rotina estabelecida (horário para dormir).

Qualidade da alimentação: Está ligada à importância de estarmos atentos ao que vamos comer. Como você tem escolhido a sua alimentação? O que pesa mais na hora de escolher um alimento? Preço? Aspecto físico? Fator nutricional? Quantidade? O que você come está de acordo com o que o seu corpo necessita?

O melhor é buscar um profissional que possa ajudá-lo a compreender-se bem em seu momento atual para que organize com você a alimentação mais adequada. Lembre-se: Você é o que come.

Exercícios físicos: Há muitas frentes de defesa para este ponto. Mesmo assim, nos acostumamos a levar a vida de forma tão automática, que muitas vezes nos esquecemos de pensar nas consequências do sedentarismo. Alguns de nós, mesmo tendo tempo para exercícios, não conseguem criar o hábito. Cuidado com seus sabotadores. Se seu argumento for falta de tempo, reorganize-se. Se for falta de dinheiro, há muitas alternativas gratuitas virtuais. Dependerá somente de uma decisão sua.

Ponta Emocional

Para vivermos melhor e de forma mais saudável, é preciso desenvolver esta ponta da Estrela D.A.L.V.I. Entre tantos aspectos que podemos discutir, nesta ponta está um essencial: a gestão do estresse, que pode ser resumida em entrar e sair do estado de alerta, evitando que ele se prolongue.

Quando falamos em equilíbrio emocional pensamos também em Inteligência Emocional, ou seja, na utilização dos dois hemisférios do cérebro na compreensão do mundo. É preciso treino para que haja o equilíbrio e para desenvolvê-la, identificando e passando a controlar suas emoções e impulsos. Controlando-se, você permanecerá calmo e de mente limpa, até mesmo durante crises.

Autoconhecimento é um grande facilitador do controle de nossas emoções. Portanto, mergulhe no seu eu para compreender seus movimentos, sentimentos e pensamentos. Observe-se constantemente. Esteja consciente.

Ponta espiritualidade

É importante dizer que espiritualidade aqui não diz respeito à religiosidade. É algo maior, transcende, faz parte do “eu divino” de cada um de nós. Trata-se da conexão com nosso interior, com a nossa consciência, com o universo e com o próximo.

Na ponta espiritualidade devemos considerar muito a gratidão. Quando sentimos gratidão, ativamos o sistema de recompensa do cérebro localizado no “Núcleo Accubens” , responsável pela sensação de bem-estar em nosso corpo. Então, ocorre a liberação de dopamina, que aumenta a sensação de prazer, e, por outras vias, de ocitocina, que estimula o afeto, tranquilidade, reduzindo a ansiedade, a angústia e o medo. O melhor é que a gratidão pode ser construída pelo nosso pensamento. Uma das formas é reconhecendo nossas conquistas.

Você sabia que o nosso cérebro não é capaz de sentir, ao mesmo tempo, gratidão e infelicidade? Sabendo disso, que escolha você fará?

Aproveite para refletir sobre o assunto e lembre-se: equilibre a sua Estrela.                     

*******************************************************

Eliene é apaixonada por gente e conhecimento. Em sua vida profissional, foi de recepcionista a diretora regional e teve a oportunidade de ser gestora de pessoas por mais de 25 anos, passando pelos maiores Bancos do país.

Autora do livro “O Poder das Escolhas Conscientes” e Coautora dos livros:  O Líder Positivo (Capítulo 5) e Construa sua Sorte (Capítulo 11).

Idealizadora do “Game ESCOLHAS”

Site: elienedalvi.com.br

Instagram: @eliene_dalvi

>>> Gostou do tema? Leia também: Nossa História-perspectiva de passado, presente e futuro de Aline Craveiro

>>>Imagem de jcomp ✨

Compartilhe

Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter


outros artigos recentes

QUANDO AS EMOÇOES TOMAM CONTA DE NOSSO SER

Quando as emoções tomam conta do nosso ser

Nossas emoções podem ser a luz, que ilumina e dá sabor à vida. Podem nos trazer a alegria de viver, nos impulsionar para nosso futuro desejado.
Mas podem ser também, sombras, que inundam nosso coração de medos, nos levam para o mundo da depressão e da ansiedade.

Ler mais »
Quantas vidas você tem?

Quantas vidas você tem?

Você ainda usa os termos Vida Pessoal e Vida Profissional? A completude de uma vida única é o caminho para encontrarmos e vivermos nosso Propósito com coerência, na estrada da felicidade.

Ler mais »

friendsBee, polinizando o bem.

friendsBee, polinizando o bem.